Modernização para atender aos artesãos fluminenses

Com o objetivo de conhecer o quantitativo de artesãos que ainda não são cadastrados, a Secretaria de Estado de Turismo do Rio de Janeiro (Setur-RJ), que gere o Programa de Artesanato Estadual, está realizando a pré-inscrição online.  Além de mensurar a demanda, este método irá agilizar o cadastramento dos profissionais que poderão dar entrada para a confecção da Carteira Nacional do Artesão, no site oficial.

O cadastramento é dividido em quatro etapas: dados pessoais, aspectos socioeconômicos, avaliação do produto (considerando matéria-prima e técnica) e registro fotográfico. A pré-inscrição online, que foi desenvolvida em parceria com o Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado – Proderj, concluirá as duas primeiras fases, sendo necessária apenas a curadoria técnica e presencial. 

Para o coordenador do Programa, Saulo Romay, cadastrar os artesãos do Estado é uma vertente importante, visto que é a maneira de conhecer de fato o perfil e necessidades da classe. Saulo explicou ainda o impacto positivo que o pré-cadastro terá no atendimento.

– Reconhecer e identificar o artesão fluminense é o primeiro passo realizado pelo Programa para o desenvolvimento do setor. Tendo em vista a importância desta etapa, retomamos as ações de cadastramento nos municípios e em nossa sede. Agora, concluindo este processo virtualmente, e após o contato da nossa equipe, o artesão já vem para o atendimento com duas etapas concluídas. – disse Saulo.

O secretário de estado de Turismo, Otavio Leite, destacou a necessidade de desenvolver a atividade artesanal e seu papel de geradora de emprego e renda.

– O artesanato pode ser um grande caminho para que muitas pessoas consigam ter uma renda. São mais de 14 mil profissionais atendidos, e com este método online, descobriremos as áreas em que ainda precisaremos focar. A missão da Setur é ampliar a base, para que mais artífices possam frequentar cursos e se qualificarem. Ao mesmo tempo, trabalhar firme na capacidade que o Estado tem com um artesanato de alto nível, que retrata a identidade cultural local – explicou Otavio.

O Programa segue o regulamento e diretrizes do Governo Federal que dá direito à Carteira Nacional do Artesão. O documento reconhece o artífice como profissional, sendo uma das maiores conquistas da classe. Para a inscrição online os interessados deverão acessar o www.programadeartesanato.rj.gov.br e seguir as orientações informadas, lembrando que o documento não é emitido na hora, sendo necessária a curadoria técnica presencial.

 

Fonte: Programa de Artesanato do Estado do Rio de Janeiro

0 Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*