Mostra de artesanato reúne trabalho de mais de mil artesãos

Com inspiração nas belezas do Rio e na Copa do Mundo, os artistas exibem diversas técnicas tradicionais do Estado. As peças em exposição estarão disponíveis para comercialização até o dia 11 de julho.

Abertura

O trabalho de mais de mil artesãos fluminenses está em exposição na Casa do Artesanato, em Botafogo. Com inspiração nas belezas do Rio e na Copa do Mundo, os artistas exibem diversas técnicas tradicionais do Estado. As peças em exposição estarão disponíveis para comercialização até o dia 11 de julho. A mostra é promovida pelo Programa de Artesanato, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços.

Maria Cristina Santos

A exposição foi inaugurada na tarde desta segunda-feira, 2, com a presença do secretário de Desenvolvimento Econômico, Julio Bueno, da subsecretária Dulce Ângela Procópio e da primeira-dama Maria Lucia Jardim. A aula inaugural ficou a cargo do professor do curso de Belas Artes da UFRRJ, Paulo Ormindo.

Adail Pereira

Segundo dados do Ministério da Indústria e Comércio, no Brasil existem oito milhões de artesãos. Quase 90% deles são mulheres, com renda média de dois salários mínimos. No Estado do Rio de Janeiro, o artesanato é responsável pela renda de milhares de famílias. São mais de seis mil artesãos cadastrados no Programa de Artesanato.

Para a subsecretária de Comércio e Serviços, Dulce Ângela Procópio, o artesanato deve ser encarado pelo Estado como importante fator de desenvolvimento. “A maioria dos artesãos cadastrados no Programa é diretamente responsável pela renda familiar. Por isso, é imperativo que o artesanato seja visto pelo viés do desenvolvimento e da geração de renda das famílias. Nesse contexto, a qualificação é importante para agregar valor aos produtos e expandir as condições de comercialização”, defendeu.

Debora Costantin

Durante o evento, além da comercialização das peças expostas, serão ministrados cursos e palestras sobre as diversas técnicas utilizadas pelos artesãos do Estado, em diversos materiais, remetendo à história e as tradições de cada região e localidade. A diversificação das peças, que vão de bordados a esculturas em argila e vidro, demonstram a riqueza do artesanato fluminense.

Ana Ortiz

A artesã Inês Rache trabalha há 20 anos com artesanato. Inspirada pelas paisagens do Rio de Janeiro, Inês é fornecedora das lojas de lembranças em pontos turísticos. “Encontrei nas belezas do Rio inspiração para as obras e para a vida. Hoje consigo viver com a renda do artesanato, me especializando em várias técnicas que agregam valor aos produtos”, explicou.

Ines Rache

Produtos Ines Rache

A aposentada Milla, de Maricá, trabalha com esculturas em argila há 15 anos e encontrou na atividade uma forma de complementação da renda. “Comecei a trabalhar com argila sem saber como funcionava e, aos poucos, fui dando forma ao material. O artesanato me ajuda a complementar a renda e expor os meus trabalhos”, contou.

Milla

Produto Milla 2

Produto Milla

Cursos – De 2 de junho a 11 de julho, o Programa de Artesanato do Estado do Rio de Janeiro oferece oficinas gratuitas para artesãos fluminenses. Com o objetivo de atuar no aprendizado ou aperfeiçoamento das habilidades manuais, serão ministrados 18 cursos sobre as técnicas utilizadas pelos artistas do Estado, em diversos materiais. A programação faz parte da exposição com venda de peças “Energia do Artesanato na Copa”.

Rafael Cavalcante

No total, são mais de 800 vagas distribuídas entre os cursos, que acontecerão de segunda a sexta-feira, às 9h e às 14h, com uma técnica diferente a cada dia. Para participar, é preciso fazer inscrição prévia, pois as vagas são limitadas. O cadastro deve ser feito pelos telefones (21) 2332-4900 / 4902 / 1555 ou na Casa do Artesanato, localizada na Rua Real Grandeza 293, Botafogo. Entre os cursos oferecidos estão os de modelagem em argila, reutilização de resíduos, arte francesa, decoupage e scrapdecor.

Armando Januario

Alessandra Oliveira

Serviço
“Energia do Artesanato na Copa”
Casa do Artesanato – Rua Real Grandeza, 293 – Botafogo
De 2 de junho a 11 de julho, das 9h às 18h.

Informações: Assessoria Sedeis

 

0 Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*