Maior feira de capacitação em artesanato no país propõe alternativa de negócio

Plano B para lidar e conseguir driblar a crise começa hoje, a partir das 10h, no Centro de Convenções Sul América

Rio – Começa hoje, a partir das 10h, a Rio Artes Manuais. Apontada como a maior feira de capacitação em artesanato no país, a iniciativa tem o objetivo de oferecer uma alternativa de negócio para quem quer driblar a crise. O evento ocorrerá até domingo, no Centro de Convenções Sul América.

A feira, que integra o calendário oficial de eventos da cidade do Rio, terá o tema ‘Lugar de gente feliz’, num espaço destinado para a apresentação de trabalhos de artesãos e orientações sobre gestão de negócios. Segundo dados do IBGE, o setor tem sido um dos mais procurados para enfrentar o desemprego no país.

 

O artesanato movimenta R$ 50 bilhões por ano, garantindo o sustento para cerca de 8,5 milhões de brasileiros, ainda segundo o instituto. O setor de empreendedorismo artesão já está presente como atividade econômica em 78,6% dos municípios brasileiros. “Existe uma mudança de percepção do artesanato. Diante da crise, as pessoas estão criando mais e se redescobrindo. O empreendedor artesão consegue unir a paixão pelo que faz com a recompensa financeira. Tudo isso começando com pouco dinheiro”, aponta Roberto Santos, diretor geral da Rio Artes Manuais.

Para especialistas, o artesanato é um dos segmentos que possui maior expectativa de crescimento para a economia brasileira neste ano. E a perspectiva é que aumente a quantidade de microempreendedores individuais, dando continuidade à formalização desses pequenos negócios. “Para dar certo, o empreendedor artesão deve encarar o artesanato como um negócio, estabelecer metas e, principalmente, buscar conhecimentos através de feiras, workshops e cursos”, destaca o diretor.

O evento oferece gratuitamente 20 mil vagas para quem deseja conhecer ou aprimorar mais de 300 técnicas de artesanato. O participante pode se inscrever em várias oficinas, sem custo adicional ao ingresso. As peças produzidas podem ser levadas para casa. As inscrições serão feitas no local, de acordo com as vagas e a ordem de chegada.

A feira

O ingresso do evento, que pode ser adquirido em todas as lojas da rede Caçula, custará R$18 ou meia-entrada para estudantes e idosos acima de 65 anos. A feira ocorrerá no Centro de Convenções Sul América, de hoje a domingo, das 10h às 19h. Mais informações ainda podem ser obtidas pelo site www.rioartesmanuais.com.br.

Com oficinas, técnicas de artesanato e até orientações sobre como vender e lucrar mais, o evento também vai abordar dicas para formalização e para levantar capital de giro ou recursos para investimento. Entre as principais oficinas de técnicas artesanais oferecidas, estão crochê, decupagem, bordado, patchwork, pintura em tecido, macramê, arte em chinelos, bijuterias e biscuit.

Fonte: Jornal O Dia.

0 Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*